Criptos:

109

Exchanges:

10

Carteiras:

109

Capitalização de Mercado:

$2,307,264,340,229

Volume 24h:

$36,663,666,462

dApp

Compartilhar nas redes sociais

O que significa dApp em termos de criptomoedas?

Uma dApp, abreviação de Aplicativo Descentralizado, refere-se a um aplicativo que opera em uma rede descentralizada, geralmente uma blockchain. Ela utiliza os princípios de descentralização, transparência e imutabilidade para fornecer aos usuários maior segurança, privacidade e controle sobre seus dados e interações.

Ao contrário de aplicativos tradicionais, que são normalmente construídos em servidores centralizados e controlados por uma única entidade, as dApps operam em redes descentralizadas, como Ethereum ou EOS. Essas redes utilizam a tecnologia blockchain para facilitar interações peer-to-peer e garantir a integridade e confiabilidade do aplicativo.

As dApps são projetadas para serem de código aberto, significando que o código-fonte subjacente e os contratos inteligentes são acessíveis ao público, permitindo transparência e colaboração. A natureza descentralizada das dApps elimina a necessidade de intermediários e autoridades centrais, proporcionando aos usuários controle direto sobre seus ativos digitais e reduzindo a dependência de terceiros.

As dApps podem abranger uma ampla variedade de aplicativos e casos de uso. Elas podem incluir plataformas de finanças descentralizadas (DeFi), exchanges descentralizadas, sistemas de identidade digital, soluções de gerenciamento de cadeia de suprimentos, plataformas de jogos, redes sociais e muito mais.

A característica definidora de uma dApp é sua arquitetura descentralizada, onde dados e controle são distribuídos entre os participantes da rede em vez de serem armazenados em um servidor central. Para interagir com uma dApp, os usuários geralmente precisam de uma carteira de criptomoedas compatível e acesso à rede blockchain na qual a dApp está construída.

As dApps frequentemente usam tokens como meio de troca de valor dentro do aplicativo, permitindo que os usuários realizem transações, negociem ou participem de processos de governança. As vantagens das dApps incluem maior segurança, já que os dados são armazenados em vários nós na rede, tornando-os resistentes a pontos únicos de falha ou hacking. As dApps também oferecem mais privacidade, já que dados pessoais não são armazenados em servidores centralizados suscetíveis a acesso não autorizado. No entanto, as dApps também enfrentam desafios, como escalabilidade, experiência do usuário e considerações regulatórias. Conforme a tecnologia evolui, os desenvolvedores estão continuamente trabalhando para melhorar esses aspectos e tornar as dApps mais amigáveis ​​ao usuário e capazes de lidar com uma base de usuários maior.

Em resumo, uma dApp é um aplicativo descentralizado que opera em uma blockchain ou rede descentralizada. Ela utiliza os princípios de descentralização, transparência e imutabilidade para fornecer maior segurança, privacidade e controle aos usuários. As dApps eliminam a necessidade de intermediários e autoridades centrais, permitindo interações diretas entre pares e capacitação dos usuários. Elas abrangem vários aplicativos e casos de uso, e sua natureza de código aberto promove transparência e colaboração.

Você achou este termo claramente definido?

Sim

Não

Explore Outros Termos de Criptomoedas

DAO

DAO, ou Organização Autônoma Descentralizada, refere-se a um tipo de organização ou entidade que opera por meio de contratos inteligentes em uma blockchain, com decisões tomadas coletivamente por seus participantes, em vez de uma autoridade central.

Leia Mais

Consenso

Consenso, no contexto de sistemas distribuídos como blockchain, refere-se ao acordo coletivo entre participantes sobre a validade e a ordem de transações ou alterações no estado do sistema.

Leia Mais

Criptomoeda

Criptomoeda refere-se a uma forma digital ou virtual de moeda que depende de técnicas criptográficas para segurança e opera em redes descentralizadas chamadas blockchains.

Leia Mais

Crypto

'Crypto' é um termo que é uma abreviação de 'criptomoeda' ou 'moeda criptográfica'. Refere-se a moedas digitais ou virtuais que utilizam criptografia para segurança e operam em redes descentralizadas chamadas blockchains.

Leia Mais

DeFI

DeFi, abreviação de Finanças Descentralizadas, refere-se a um movimento e ecossistema em rápido crescimento que tem como objetivo recriar sistemas e serviços financeiros tradicionais usando tecnologias descentralizadas, especialmente blockchain e contratos inteligentes.

Leia Mais

DEX

Um DEX, abreviação de Exchange Descentralizada, refere-se a um tipo de exchange de criptomoedas que opera em uma rede descentralizada, tipicamente utilizando tecnologia blockchain.

Leia Mais

Dividendos

No espaço cripto, dividendos são um conceito menos comumente associado a criptomoedas em comparação com ações tradicionais.

Leia Mais

DYOR

DYOR é um acrônimo que significa 'Do Your Own Research' (Faça sua própria pesquisa). É uma frase comumente usada na comunidade cripto e serve como um lembrete para que as pessoas conduzam pesquisas e due diligence abrangentes antes de tomar qualquer decisão de investimento ou financeira.

Leia Mais