Criptos:

109

Exchanges:

10

Carteiras:

109

Capitalização de Mercado:

$2,195,842,102,027

Volume 24h:

$35,535,546,978

Hard Fork

Compartilhar nas redes sociais

O que significa Hard Fork em termos de criptomoedas?

No mundo da tecnologia blockchain, um hard fork refere-se a uma divergência significativa e permanente no protocolo de uma rede blockchain, resultando na criação de duas cadeias separadas e distintas. Isso ocorre quando as regras que regem a operação da blockchain são atualizadas ou modificadas de uma maneira que não é compatível com a versão anterior.

Durante um hard fork, a rede blockchain efetivamente se divide em dois ramos, sendo que um ramo segue o conjunto antigo de regras e o outro ramo segue o novo conjunto de regras. Isso pode ocorrer por várias razões, como abordar vulnerabilidades de segurança, implementar novos recursos ou resolver discordâncias dentro da comunidade sobre a direção da rede.

Hard forks geralmente requerem consenso entre os participantes da rede para serem bem-sucedidos. Esse consenso pode ser alcançado por meio de discussões na comunidade, processos de votação ou apoio de desenvolvedores e mineradores que concordam em adotar as novas regras. Uma vez alcançado o consenso, a nova cadeia é criada, e a cadeia anterior continua a operar com base nas regras antigas. Após um hard fork, ambas as cadeias operam independentemente e podem ter suas próprias comunidades, mineradores e detentores de tokens. Cada cadeia tem sua própria história de transações e pode continuar a evoluir independentemente, potencialmente levando a caminhos de desenvolvimento divergentes e diferenças nas características da rede. Hard forks podem resultar na criação de novas criptomoedas ou tokens. Por exemplo, quando o Bitcoin passou por um hard fork em 2017, levou à criação do Bitcoin Cash (BCH) como uma criptomoeda separada. Os detentores de tokens na cadeia original geralmente recebem uma quantidade igual de tokens na nova cadeia, refletindo sua propriedade antes do fork. É importante observar que um hard fork pode criar incertezas e desafios. Pode causar interrupções temporárias ou confusão na rede à medida que os participantes se ajustam às mudanças. Além disso, os detentores da criptomoeda original precisam estar cientes dos riscos potenciais e considerações associadas à nova cadeia, incluindo a segurança, adoção e apoio geral da comunidade que ela recebe.

Em resumo, um hard fork no contexto da tecnologia blockchain refere-se a uma divergência significativa e permanente no protocolo de uma rede blockchain, resultando na criação de duas cadeias separadas e distintas. Isso ocorre quando as regras que regem a operação da blockchain são atualizadas ou modificadas de uma maneira que não é retrocompatível. Hard forks exigem consenso entre os participantes da rede e podem resultar na criação de novas criptomoedas ou tokens. Hard forks trazem tanto oportunidades quanto desafios e podem levar a caminhos de desenvolvimento divergentes para as cadeias separadas.

Você achou este termo claramente definido?

Sim

Não

Explore Outros Termos de Criptomoedas